Blog Agenda Consulta

Como realizar a prevenção ao Covid-19

Atualmente o mundo vem enfrentando um inimigo invisível que vem destruindo muitas vidas e muitos sonhos, Coronavírus: como se prevenir. No entanto, há muitos estudos relacionados ao caso que estão em busca do desenvolvimento da vacina e muitas formas de como realizar a prevenção ao Covid-19 vem sendo compartilhada para diminuir a sua disseminação.

O coronavírus é uma família de vírus que possuem um alto nível de contaminação e que atacam o nosso sistema respiratório, podendo desenvolver assim uma série de infecções, que podem ser até mesmo fatais.

O Covid-19, proveniente da China, é um vírus que sofreu uma mutação e com isso passou a infectar os humanos. A primeira vez em que um vírus dessa família infectou humanos foi no ano de 1937, mas só em 1965 que esse vírus recebeu o nome de coronavírus por ter a aparência de uma coroa quando visto por meio de um microscópio.

O coronavírus possui um período de incubação de 2 a 14 dias, sendo este tempo o necessário para que os primeiros sintomas possam surgir.

Transmissão e sintomas

 

A transmissão do coronavírus acontece através de contato próximo de uma pessoa ao infectado ou por meio de apertos de mão, gotículas de saliva que são expelidas durante a fala, espirros, tosse e outros. Além disso, o vírus pode ser transmitido para uma pessoa se ela tocar em uma superfície que esteja contaminada com o vírus.

Por isso é importante manter distância entre as pessoas, evitar aglomerações e manter bons hábitos de higiene tanto pessoal quanto em nossa casa e objetos, principalmente os compartilhados como controles de TV, por exemplo.

A qualquer sinal de sintomas da contaminação pelo vírus é importante não sair de casa e ligar para o 136 e verificar quais medidas devem ser adotadas. Os sintomas do Covid-19 podem incluir:

  • Febre alta;
  • Tosse seca;
  • Coriza;
  • Dor de garganta;
  • Dificuldade para respirar nos casos que se agravam.

Como fazer uma boa prevenção ao Covid-19

 

Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina pode demorar em torno de 20 meses para ser desenvolvida e ser realmente efetiva contra o vírus. Por isso, é importante adotar as recomendações de prevenção ao vírus e manter o isolamento social. Veja a seguir como se prevenir do coronavírus.

– Faça a lavagem das mãos de forma correta e frequente. A lavagem deve ser feita nas mãos, punhos e entre os dedos, utilizando água e sabão. Caso você não tenha acesso a água e sabão, utilize álcool em gel 70%;

– Se for espirrar ou tossir, cubra a boca e nariz com um pano. Caso você não tenha um pano, utilize a parte interna do cotovelo para proteger;

– Não passe a mão nos olhos, nariz, boca e nenhuma parte do rosto sem fazer o processo de higienização das mãos;

– Mantenha uma distância mínima de 2m entre as pessoas, pois essa é uma distância segura de acordo com a OMS;

– Evite beijar, abraçar, apertar a mão ou qualquer outro contato próximo;

– Mantenha-se isolado, evite aglomerações;

– Tenha uma boa alimentação e durma bem para manter o sistema imunológico forte;

– Faça a higienização frequente de superfícies, maçanetas, brinquedos, celulares e outros. Além disso, é importante não compartilhar itens pessoais.

Conclusão

 

Pessoas que sejam do grupo de risco como os idosos acima de 60 anos e pessoas com doenças crônicas, podem ter a doença agravada, gerando até mesmo óbito. Por isso, a prevenção ao Covid-19 é extremamente importante não somente para você, mas também para as pessoas que estão ao seu redor.

Sendo assim, o isolamento social recomendo pela Organização Mundial da Saúde, se torna cada vez mais importante, já que pode evitar a propagação do vírus e consequentemente o colapso do sistema de saúde. Agora você entendeu sobre a prevenção ao COVID-19.

Blog Agenda Consulta

O que são Implantes Dentários e preço?

Quem não gosta de sorrir? Mostrar um sorriso bonito e saudável, repleto de dentes? Bom, os dentes eles são responsáveis por também manter uma boa estética, mas acima de tudo eles são essenciais para a saúde humana, fazendo com que muitas pessoas recorram ao implante dentário independente do seu preço, saiba o que são implantes dentários.

Com o avanço da medicina e tecnologia, os implantes dentários foram desenvolvidos para melhorar a estética de quem perdeu os dentes e ajudar a recuperar a sua saúde bucal.

Como sabemos, a saúde começa na boca e se nossos dentes não estão bem, o nosso organismo também não estará, pois a nossa digestão começa na boca, sendo importante assim mastigarmos muito bem os alimentos (e isso se torna uma tarefa um pouco mais complicada para quem perdeu dentes).

Mas qual será o preço de um implante dentário? O que de fato vem a ser esse tipo de implante bucal? Bom, a seguir te explicaremos tudo o que você precisa saber sobre eles.

O que são implantes dentários

 

Os implantes dentários são uma espécie de suporte ou uma estrutura metálica, onde o material utilizado geralmente é o titânio. Eles são posicionados por meio de uma cirurgia no osso do maxilar, abaixo da gengiva, com o objetivo de assim substituir a raiz do dente.

Por isso os implantes dentários são recomendados apenas quando ocorre a perda do dente juntamente com a sua raiz.

Quando ocorre essa espécie de implantação do suporte ou da estrutura no osso maxilar, o cirurgião dentista consegue colocar dentes substitutos sobre o suporte, substituindo assim o dente que foi perdido.

Quais são os tipos

 

Existem vários tipos de implantes dentários, mas o que é mais recomendado atualmente é o ósseo integrado. Veja a seguir um pouco sobre os tipos de implantes.

– Implante ósseo integrado

 

Esse tipo de implante é realizado por meio de uma cirurgia, onde o suporte é fixado diretamente no osso do maxilar para substituir a raiz do dente e permitir assim a sua substituição.

– Prótese protocolo

 

Essa prótese pode ser total implantosuportada e implantoretida, sendo fixada em cima de em média 4 a 8 implantes. Ela é parafusada e deve ser removida apenas pelo dentista cirurgião.

– Prótese overdenture

 

Sendo uma prótese total removível sobre implante, ela costuma ser mais barata que o modelo anterior, já que exige em média 4 a 6 implantes; essa prótese é como uma dentadura, mas possui um encaixe que acaba dando mais estabilidade na boca do que a dentadura.

Implantes dentários e Preço

 

O preço de um implante dentário varia muito e por ser uma espécie de suporte que dá mais segurança ao comer e também falar, eles costumam ser mais caros. O preço médio de um implante dentário varia de R$ 1.000 até R$ 3.500, isso se forem utilizados materiais nacionais.

Já se os materiais utilizados forem importados, esse preço costuma variar de R$ 8.000 até R$ 16.000, em média e dependendo do caso clínico.

Assim…

 

O preço do implante dentário vai depender muito do tipo que você for utilizar. Quem deve fazer a melhor indicação para o seu caso é o dentista, por meio de uma avaliação bem detalhada.

Para isso ele não irá somente avaliar no olho, será necessário a realização de exames como raio-x, para verificar melhor a sua arcada dentária e poder te indicar o melhor implante, saiba como marcar sua avaliação online.

Conheça os dentistas disponíveis na Agenda Consulta https://agendaconsulta.com/

 

Blog Agenda Consulta

Conheça a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher

Ao longo dos anos foram desenvolvidos diversos projetos e a saúde da mulher se tornou uma questão de política nacional de saúde pública, por conta dos altos índices de doenças femininas que podem ser fatais como o câncer de mama e o câncer do colo do útero, fazendo com que assim o governo tivesse o dever de ofertar exames e tratamentos mais específicos para as mulheres.

Infelizmente muitas mulheres no nosso país ainda morrem por não se cuidarem da forma como deveriam; não realizam exames de rotina, não possuem acesso à educação sexual e consequentemente também não pensam em realizar um projeto familiar para desenvolver uma família bem estruturada.

Todos esses fatores interferem negativamente na saúde da mulher, principalmente se ela vem de uma família de origem mais humilde e que também não teve nenhum acesso a tais informações. Esse modo de vida desleixado com a saúde é passado e assim vai migrando de geração a geração.

Por conta desse problema e por ser um tema extremamente importante, no texto de hoje te mostraremos tudo sobre a saúde da mulher que você deve saber. Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o texto até o final.

Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher

 

A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher foi criada no ano de 2003, quando a equipe técnica responsável pela saúde da mulher fez uma avaliação de todo o retrocesso e evolução da gestão passada relacionada ao assunto. Como o Ministério da Saúde considera a saúde feminina uma prioridade, foi elaborado este documento.

Esse documento foi desenvolvido com a ajuda  de vários setores sociais, sendo envolvidos de modo muito especial o movimento de mulheres, movimento negro, movimento de trabalhadoras rurais, sociedades científicas, pesquisadores e estudos da área de saúde feminina, organizações não governamentais, gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) e agências de cooperação internacional.

Por meio da criação dessa política nacional foi possível notar todo o compromisso do governo em implementar ações voltadas à saúde feminina. Essas ações não visam apenas ofertar ações voltadas à saúde, mas visa também a conscientização da mulher com relação aos cuidados que ela deve ter para viver mais e saudável.

Isso também contribuiu para garantir o direito humano das mulheres na sociedade, reduzindo assim a morbimortalidade gerada por fatores que podem ser sim prevenidos, evitando assim doenças e até mesmo o sobrecarregamento do SUS por atuar de forma preventiva.

Por meio dessa política é possível ter acesso às diretrizes relacionadas ao enfoque no gênero da mulher, integralidade e promoção da saúde como princípios para servir como um norte na busca da consolidação dos avanços relacionados aos direitos sexuais e reprodutivos, maior atenção e melhoria na área obstétrica, planejamento familiar, atenção aos casos de abortos inseguros e combate à violência contra o sexo feminino, seja essa violência doméstica ou sexual.

Além disso, o documento abrange a prevenção e tratamento de mulheres que vivem com a aids, as que são portadoras de doenças crônicas que não são transmissíveis e o câncer ginecológico (que pode atacar o colo do útero, ovário, endométrio, vagina e vulva).

Cuidados com a saúde da mulher

 

A saúde da mulher envolve não somente questões físicas, mas também psicológicas. É importante que as mulheres entendam a importância de se prevenir e se cuidar corretamente, para que assim possa ter mais qualidade de vida.

É recomendado que os cuidados existam desde sempre, principalmente quando o assunto são as idas ao consultório de ginecologia. No entanto, a partir dos 10 anos esses cuidados devem ser intensificados, pois é nessa idade que as mulheres começam a se desenvolver para entrar na fase da adolescência.

Juntamente com o apoio médico é importante também que os pais comecem a fazer orientações sexuais, pois isso ajuda no esclarecimento de muitas dúvidas e curiosidades, fazendo com que possíveis dores de cabeça sejam evitadas.

Veja a seguir alguns dos principais cuidados relacionados à saúde da mulher que você deve verificar se faz parte da sua vida. Caso não faça, comece hoje mesmo a adotar as dicas para viver melhor e saudável.

1 – Faça atividade física de forma regular, pois dessa forma você consegue evitar diversas doenças e ainda cuida da mente, pois os exercícios físicos ajudam a liberar hormônios de prazer, melhorando a sua saúde mental e autoestima.

2 – Tenha uma boa alimentação, pois isso ajuda na prevenção de doenças e faz com que você fique sempre em forma. Para isso, adote hábitos mais saudáveis como a diminuição do sal e do açúcar, assim como também deve ser dada preferência aos alimentos em sua forma natural ou alimentos integrais.

3 – Tenha uma alimentação rica em cálcio para evitar a osteoporose, já que a doença é mais comum em mulheres.

4 – Cuide da sua saúde bucal fazendo uma boa higienização e indo ao dentista pelo menos de 6 em 6 meses.

5 – Mantenha-se sempre hidratada e evite beber e fumar.

6 – Busque motivos para sorrir mais e seja mais feliz. Cuidando da sua saúde mental, que é extremamente importante.

7 – Tenha uma rotina de consultas com médicos de diversas especialidades e principalmente o ginecologista, para assim realizar exames essenciais para a saúde feminina e manter tudo em ordem.

8 – O preventivo (papanicolau) deve ser feito anualmente, pois ele é muito importante para prevenir doenças e detecta-las logo no início.

9 – Separe um tempo para cuidar de você. Se não tem dinheiro para pagar por serviços de beleza, faça você mesma em casa.

10 – Aposte no autoconhecimento, pois com isso você passa a se conhecer melhor e saber o que realmente te faz feliz. Faça sessões de terapia para te ajudar com isso.

Em resumo…

 

No Brasil, mais de 50% da população é composta por mulheres e isso reforça a importância do forte cuidado preventivo relacionado à saúde feminina.

As questões que envolvem saúde da mulher são mais antigas do que imaginamos e isso tudo reforça a importância de cuidarmos delas. Mesmo sendo uma questão antiga, cada vez mais é possível notar que elas merecem realmente atenção e por este motivo também sempre surgem projetos que visam melhorar a saúde feminina como um todo.

A saúde feminina vai muito além de apenas consultas e exames de rotina, envolve questões físicas assim como também psicológicas. Por isso é essencial, além de realizar os exames de rotina, praticar exercícios físicos, ter uma boa alimentação e cuidar da mente, para assim ter uma melhor qualidade de vida e ser mais feliz e saudável. E a Agenda Consulta se preocupa com a saúde da mulher e tem propostas voltadas para mulheres em sua plataforma agendaconsulta.com.   Acesse e conheça!

Blog Agenda Consulta

Consulta particular? Consulta pelo SUS? Qual é a tendência?

Consulta particular, consulta pelo SUS, você sabe qual é a tendência do futuro da saúde e como será que a medicina estará daqui a alguns anos? Bom, esse é um dos questionamentos de milhares de pessoas em todo o mundo, principalmente das que não se sentem seguras ao utilizar o sistema de saúde pública, mas que não têm condições para um plano.

Sabemos que a medicina vem avançando cada vez mais e com isso a expectativa de vida do brasileiro também aumenta. Mas não basta somente a expectativa de vida aumentar, é muito importante que se preze pela qualidade de vida dos futuros idosos, para que não somente vivam mais, mas vivam também felizes.

Hoje em dia podemos marcar consultas on-line, fazer uso da telemedicina e tudo mais, mas como serão as coisas daqui a alguns anos?

Bom, a consulta particular é uma realidade de muitas pessoas que não possuem plano médico, mas que prezam pela saúde. Pois como sabemos, é possível passar horas, dias e até mesmo meses na fila do SUS para conseguir apenas marcar uma consulta.

Isso além de trazer muitos transtornos e desgaste, pode fazer com que uma doença que pudesse ser descoberta logo no início só seja descoberta quando já está em estágios mais agressivos.

Porém, uma consulta particular pode ser muito cara para quem não tem um alto poder aquisitivo e precisa passar por ela. Dessa forma, o Agenda Consulta veio para mudar essa realidade e transformar a área da saúde, fazendo com que muitas pessoas com uma renda mais baixa consiga um bom atendimento médico e com um preço bem acessível.

Como é a medicina do futuro

 

A medicina caminha cada vez mais para o lado preventivo, ou seja, de prevenir doenças e não de tratar enfermidades.  Esse é um futuro cada vez mais perto quando o assunto é medicina, até porque a intenção é aumentar a expectativa de vida também, sendo a prevenção de doenças muito importante.

A medicina do futuro nos permite ter acesso a diagnósticos mais rápidos e mais precisos, com um tratamento personalizado de acordo com a rotina do indivíduo.

Existem alguns aplicativos que monitoram sinais vitais, processam e realizam a emissão de simples diagnósticos. Sendo assim possível que um médico tenha acesso aos dados monitorados e possa saber quais doenças o paciente terá ao longo da vida, podendo assim ser tratados previamente.

Como a tecnologia é utilizada no futuro da saúde

 

O impacto na consulta particular e na consulta pelo SUS

 

A tecnologia é muito importante quando o assunto é medicina. A medicina do futuro é definida como a evolução do conhecimento médico em conjunto com o desenvolvimento, domínio e aplicação de tecnologia de ponta. Ela faz parte do e-Health, onde diversas inovações relacionadas à saúde são reunidas.

A seguir te mostraremos onde a tecnologia pode ser utilizada no futuro da saúde, sendo alguns destes já bastante utilizados atualmente.

  • Telemedicina;
  • Uso de Inteligência Artificial (IA);
  • Internet das Coisas (IoT);
  • Monitoramento realizado de forma remota e em tempo real para pessoas que possuem doenças crônicas e que necessitam de monitoramento;
  • Prontuário deixa de ser no papel e passa a ser eletrônico, possibilitando integração de informações sobre o paciente e otimizando os atendimentos;
  • Uso de robôs para realização de cirurgias robóticas assistidas;
  • Uso de impressoras 3D para confecção de equipamentos da área médica, próteses e também medicamentos;
  • Medicina atuando de forma preditiva e preventiva;
  • Elaboração de medicamentos personalizados;
  • Atendimento mais humanizado.

 Consulta pelo SUS? Consulta particular? 

Saiba qual a forte tendência

 

A consulta particular é uma forte tendência, principalmente com a disseminação da telemedicina e por isso você não precisa esperar por uma consulta pelo SUS. Por isso, no futuro da saúde não podemos deixar de citar esse tipo de consulta, dando destaque à plataforma www.agendaconsulta.com, que ao invés de somente agendar consultas particulares, foi visionária e passou a realizar estas a distância.

Conclusão

 

O futuro da saúde está intimamente relacionado ao desenvolvimento tecnológico, isso é um fato. A consulta particular por meio de empresas que proporcionem descontos em consultórios e ofereçam a telemedicina como uma alternativa é uma das mais fortes tendências para o futuro.

Com o avanço da tecnologia e o aumento da disseminação de consultas realizadas a distância, fica cada vez mais claro enxergar como estaremos daqui a alguns anos.

Blog Agenda Consulta

Consulta on-line na Pandemia

A consulta on-line é algo que realmente veio para ficar por conta de todos os benefícios que ela é capaz de proporcionar. Por isso, em meio a essa pandemia que o mundo vem enfrentando com o Covid-19, a Agenda Consulta não somente te permite agendar consultas, mas também te garante um atendimento on-line por meio da telemedicina.

Você já imaginou conseguir realizar uma consulta sem nem sair de casa? Sem precisar enfrentar transporte público? Sem precisar passar horas e horas na fila do SUS? Bom, isso é realmente possível e ainda com um preço extremamente acessível e um serviço de alta qualidade.

A consulta on-line é uma excelente opção em meio a toda essa pandemia que estamos enfrentando, sendo a recomendação para ficar em casa. Porém, sabemos que a vida não para e existem outros problemas de saúde que devem ser tratados. No entanto, não é adequado se expor nesse momento delicado que estamos vivendo.

Sendo assim, a consulta on-line da startup Agenda Consulta é uma excelente opção de serviço médico com qualidade, barato e eficiente. Quer saber mais sobre consulta on-line? Então nos acompanhe até o final do texto.

Consulta on-line realmente funciona

 

Uma das maiores dúvidas é quanto ao funcionamento da consulta on-line. Se os médicos são confiáveis, se realmente funciona, se os diagnósticos são realizados com precisão.

Bom, com certeza a resposta para tudo isso é sim. No entanto, como a população ainda não está acostumada com esse tipo de consulta, é comum que muitas dúvidas surjam.

A consulta on-line é realmente confiável e funciona muito bem para pessoas que sejam idosas, deficientes e possuam mobilidade física reduzida. Lógico que uma pessoa saudável pode utilizar esse recurso, até mesmo para poupar tempo e até mesmo dinheiro.

Além disso, com a pandemia do coronavírus e a recomendação da Organização Mundial da Saúde que manda a gente ficar em casa, essa é a hora ideal para agendar uma consulta on-line e verificar que realmente funciona, é um serviço rápido, barato, confiável e que não irá te expor aos riscos de sair.

A consulta on-line na Agenda Saúde pode ser marcada de acordo com o plano gratuito ou prime. É importante que você leve em consideração que por um pequeno valor mensal você consegue ter acesso a diversos benefícios, desde consultas e exames mais baratos até remédios mais baratos.

Como agendar uma consulta on-line na Agenda Consulta

 

A plataforma Agenda Consulta te permite fazer não somente o agendamento e pagamento da consulta, mas te dá a possibilidade de receber atendimento on-line, sem sair de casa.

Para começar a agendar hoje mesmo a sua consulta, de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora e ter acesso a médicos, dentistas, terapias, exames e medicamentos com até 70% de desconto, basta acessar o site http://www.agendaconsulta.com/assine/ e assinar o Agenda Consulta Prime. Ao clicar em assinar você será redirecionado para outra página e lá deve colocar os seus dados, até a finalização da assinatura.

Em resumo

 

A Agenda Consulta é uma empresa que acima de tudo se importa com os seus clientes. Por isso prezamos pela qualidade dos nossos serviços prestados, o que nos dá a possibilidade de realizar uma consulta on-line em meio a pandemia do coronavírus.

Dessa forma, é possível evitar aglomeração em clínicas e tornar o atendimento muito mais seguro.

www.agendaconsulta.com

 

Blog Agenda Consulta, Na Mídia

5 dicas para se proteger do Coronavírus

É muito importante saber como se proteger do coronavírus, por se tratar de uma gripe emergente recém detectada na China e com grande potencial de transmissão em todo o mundo.

Estamos falando de um vírus que em dezembro de 2019 foi declarado como um novo tipo de coronavírus que, segundo investigações clínicas, surgiu no mercado de frutos do mar e de animais vivos na região de Wuhan, cidade interiorana da China.

Numa visão geral, o coronavírus possui variações estudadas desde os anos 1930.

Como se proteger do coronavírus?

 

Desde o surgimento de uma ameaça de epidemia regional e global, a OMS (Organização Mundial da Saúde) tem reunido dados e pesquisas para elevar o conhecimento a respeito desse novo coronavírus que surgiu na China.

Os esforços são para informar as populações do mundo sobre os processos de transmissão do vírus, processo de recuperação e riscos de óbitos.

A OMS tem apresentado dados para os ministérios e secretarias de saúde de cada país para que os governos conheçam mais sobre virulência, sobre os detalhes da doença e possível proporção da epidemia se espalhar pelo mundo.

Inicialmente, a proteção está ligada à higiene, ao uso de máscaras em regiões de elevada ocorrência da doença e de distribuição de material informativo, além de intensivo tratamento dos pacientes que pegaram a gripe.

Os sintomas do coronavírus

 

Segundo os médicos, especialistas e pesquisadores, os principais sintomas são febre, espirro, tosse, coriza constante e falta de ar. Em certos casos, os sintomas são parecidos com a de uma pneumonia, porém é fundamental que médicos e equipes de saúde estejam treinados para realizar o diagnóstico correto.

Dicas para se proteger

 

A seguir apresentamos cinco dicas fundamentais de como se proteger do coronavírus:

1 – Lave sempre as mãos

 

A higienização das mãos é importante principalmente com o uso de água, sabão e álcool em gel.

2 – Limite social

 

É indicado manter um metro de distância de pessoas que estejam com tosse e espirros fortes.

Sabemos que pessoas com tosse e espirro podem espalhar o vírus através de gotículas da secreção e pela própria respiração.

 3- Não toque nos olhos, nariz e boca

 

Ao espirrar, procure espirrar na região da dobra do braço ou no lenço descartável, nunca espirre nas mãos, pois o indivíduo sempre usará as mãos para tocar nas pessoas, abrir portas e usar objetos podendo espalhar o vírus.

De todo modo é importante evitar esfregar ou coçar as mucosas, seja da boca ou olhos, pois essas áreas possuem ligação direta com a corrente sanguínea.

4 – Uso de máscaras

 

As pessoas que possuem a gripe ou vivem em regiões de alto risco de virulência devem usar máscaras de proteção, porém as pessoas que estão saudáveis não devem usar máscaras sem necessidade.

5 – Procure ajuda médica

 

Em caso de febre alta e dificuldade de respirar, é importante procurar ajuda médica e atendimento rápido numa unidade de saúde.

Infelizmente as unidades de saúde no Brasil estão congestionadas de pessoas em busca de tratamento médico, esta aglomeração acaba por disseminar ainda mais a propagação do vírus.

Para não correr riscos, você agora pode contar com o Agenda Consulta, a maior plataforma online de agendamento de consultas médicas do Brasil.

Você não precisa mais sair de casa ou esperar longa horas em filas de pronto socorro ou unidades de saúde, pelo seu computador ou celular é possível agendar sua consulta, marcar exames, e ser atendido por um Profissional de saúde mais próximo de sua residência, sem aglomerações e livre dos riscos de contrair o coronavírus.

Portanto, cadastre-se agora mesmo e garanta proteção e agilidade no atendimento das pessoas que você ama!